icone Notícias

8 dicas sobre como abrir um food truck

17 de abril de 2015

Dicas-Como-montar-um-Food-Truck-blog-Acom

No último post aqui do blog, falamos sobre a abertura de um food truck, que tem se tornado uma tendência em várias cidades do Brasil. Diante desse cenário, muita gente se interessou pelo negócio, mas ainda não sabe exatamente o que fazer para começar com o seu restaurante sobre rodas.

Para ajudar quem ainda tem algumas dúvidas sobre como abrir o seu negócio, selecionamos algumas dicas:

Consulte a legislação

Antes de qualquer outra coisa, deve ser consultada a legislação local. Em São Paulo e Curitiba, por exemplo, já foram sancionadas leis que permitem a abertura de food trucks. Mas é preciso estar atento, cada local possui suas particularidades e em diversas cidades o negócio ainda não é autorizado, ou não existe algo que proíba. É imprescindível que seja feita uma consulta junto à prefeitura do município onde pretende atuar.

Realize uma pesquisa

Realizar uma pesquisa de mercado é fundamental para se iniciar seu negócio. É possível fazer uma pesquisa até mesmo na internet, onde existe muito conteúdo em inglês sobre o tema. É recomendável também conversar com outros empreendedores para sanar dúvidas e até mesmo recorrer a órgãos que prestam esse tipo de auxílio.

Busque também entender o comportamento de seu público, isso ajudará a definir onde seu restaurante irá se instalar.

Defina seu cardápio

Dicas-Como-montar-um-Food-Truck-Menu-blog-Acom

O que você irá servir interfere em todo o restante do negócio, como os equipamentos e a estrutura utilizada. É preciso lembrar que o espaço para armazenamento de seus ingredientes e para o preparo do seu produto é pequeno.

Além disso, um dos principais atrativos de um food truck é a preparação rápida do alimento, portanto, alimentos sofisticados, mas de fácil preparo são as melhores opções.

É preciso analisar também o seu público alvo e oferecer comidas de acordo com o gosto das pessoas para quem você quer vender.

Estrutura

Mais do que se locomover, o seu veículo vai ser o seu restaurante, portanto, é preciso pensar no automóvel e na sua cozinha, que são os dois principais elementos que vão interferir no seu investimento.

Para o início, um veículo usado pode ser uma boa opção, por questão de custo, mas o ideal é a utilização de um veículo novo, para evitar problemas com manutenções. Lembre-se que esse veículo ainda será customizado, então pense muito bem na escolha, pois o custo total do negócio vai além disso.

Outros fatores importantes para escolha do veículo são o produto que você irá vender, a estrutura que você irá oferecer ao cliente e os locais onde você pretende atuar. É preciso pensar em todos os detalhes.

Adaptação da cozinha e customização do veículo

DCIM999GOPRO

Antes de tudo, seu food truck deve atender às exigências da ANVISA e da prefeitura de seu município. Consultar esses órgãos é fundamental para se começar a pensar na sua cozinha.

O principal fator que vai definir a estrutura interna de seu food truck é o seu cardápio, pois é pensando nele que você vai saber todos os equipamentos necessários para a preparação do produto, e consequentemente o valor gasto com essa estrutura.

O ideal a se fazer, é contratar alguma empresa especializada nesse ramo. Com o crescimento desse tipo de negócio, diversas empresas têm oferecido esse tipo de serviço, elas realizam a adaptação e customização do veículo de acordo com as suas necessidades. Não se esqueça de verificar se a empresa escolhida segue as regras estabelecidas pela ABNT e homologadas pelo Inmetro e Denatran.

Escolha um bom sistema para gerenciar suas vendas (ERP)

É fundamental para o empreendedor ter um controle eficiente de suas vendas e de seu estoque.

Para que não haja mais essa preocupação, existem sistemas que fazem todo esse controle para a empresa. Esses sistemas se chamam ERP’s e são  algumas das soluções ideais para manter o controle de gastos, vendas e estoque da sua empresa.  Saiba mais sobre o ERP para o food service.

Busque por parcerias

Uma ótima oportunidade para quem está começando com o seu negócio são feiras e eventos gastronômicos. Nesses locais você pode apresentar seu produto e divulgá-lo para que todos possam conhecê-lo.

É possível buscar parcerias também no comércio em geral, que busca por food trucks para participar de promoção de eventos.

E por último: Prepare-se emocionalmente

Trabalhar na rua não é tarefa das mais fáceis, é preciso saber que até mesmo questões meteorológicas vão interferir no movimento, além de lidar com demanda de pedidos o tempo todo, o que pode se tornar um trabalho desgastante com o passar do tempo.

Uma ótima dica é fazer muita leitura sobre o negócio, sobre vendas, e principalmente como lidar com pessoas, pois você estará o tempo todo em contato direto com o seu cliente.

Qual o investimento do food truck?

Dicas-Como-montar-um-Food-Truck-investimento-blog-Acom

O investimento total para abertura do seu negócio varia muito de acordo com todas as questões acima. Em geral, fica entre R$ 90 mil e R$ 300 mil, o que pode parecer um valor alto, mas que fica abaixo do que opções como lanchonetes ou restaurantes fixos. Além disso, é possível pensar em uma estrutura menor, como uma Kombi usada por exemplo.

De qualquer forma, para que seja gasto o mínimo possível, é preciso realizar muito bem o planejamento do negócio, para que não haja desperdício com coisas que possam ser desnecessárias.

Com isso tudo, vale a pena abrir um food truck?

Existem diversos exemplos no Brasil que já estão faturando cerca de R$ 80 mil por mês, mas grande parte está na margem dos R$ 15 mil à R$ 50 mil mensais, sendo em torno de 25% de lucro sobre esse valor.

Não restam dúvidas de que o negócio é bastante lucrativo, além de possuir uma grande tendência de crescimento, pelo fato de ser algo inovador.

Mas atenção, pensar em cada detalhe é fundamental para que qualquer negócio dê certo, com o food truck não é diferente. Saiba exatamente o que você quer oferecer ao seu cliente e onde você quer chegar. Não pense em vender um produto, pense em vender satisfação ao cliente.

Voltar

Deixe uma resposta