icone Notícias

Motivos para Consumir de Pequenos e Médios empresários

8 de junho de 2016

consumo-de-pequenos-e-medios-empresarios

O mercado de trabalho permeia um momento delicado da economia nacional e mundial. Fragilizada, sobretudo, pela situação política, a taxa de desemprego atingiu, no primeiro trimestre de 2016, a média de 10,9%, índice que no mesmo período do ano passado permeava a faixa de 8% (IBGE).

Ainda que apresentando forte instabilidade, novas possibilidades se abrem nesse período de crescente desocupação dos empregados formais, entre elas as micro, pequenas e médias empresas. Geralmente iniciadas a partir de um investimento pequeno, espaço domiciliar e colaboração de amigos e familiares, essas novas empresas apostam em criatividade, redução de custos e oferta de produtos personalizados e tendem a conquistar mercado e aumentar o porte empresarial.

Por que priorizar as pequenas e médias empresas?

A maioria das micro e pequenas empresas parte da produção de artesanatos, culinária ou oferta de serviços em modo domiciliar, como manicure, cabeleireiro e serviços gerais. Esses empreendedores precisam conquistar mercado, por isso o atendimento é o foco. Qualidade e dedicação ao cliente é a chave para fazer o negócio ganhar força.

Além de também oferecer custos mais baixos devido à lucratividade menor do empreendedor, as médias e pequenas empresas fortalecem a economia local, priorizando a circulação de capital de outros pequenos produtores, além de serem alternativa às grandes empresas.

Os produtos alimentares artesanais ou caseiros tendem a trabalhar com menos conservantes, estabilizantes e produtos industrializados e oferecem opções mais saudáveis e naturais àquelas disponíveis nas prateleiras dos grandes supermercados. Já os artesanatos e produtos de confecção manual, ou em pequena produção, fortalecem a cultura local e ajudam a circulação de capital nos eixos descentralizados das cidades.

Ao dar continuidade empresarial, os empreendedores ganham espaço e recursos, regularizam as empresas e, muitas vezes, atingem o médio porte, ainda sendo opções alternativas e rentáveis de estímulo ao comércio.

consumo-de-pequenos-e-medios-empresarios

Por que as pequenas e médias empresas fomentam o crescimento econômico?

Ao comprar de empresários locais e ramos alternativos de produção, o consumidor gera estímulo e rompe o ciclo de acumulação de capital. Ou seja, o dinheiro continua circulando, proporcionando que os demais setores voltem a investir e produzir.

Ainda que num processo que tende a permanecer por algum tempo devido, sobretudo, à instabilidade do cenário político, priorizar pequenos e médios empresários ajuda a equilibrar e fortalecer as bases de investimento social. Logo que, ao ganhar maior visibilidade e gerar rendimento financeiro, as empresas tendem crescer, dar visibilidade aos bairros e às necessidades locais.

Voltar

Deixe uma resposta