icone Notícias

Marketing Pessoal – você é o seu melhor produto

16 de julho de 2014

Marketing Pessoal - Você é o seu melhor produto

Aqui na ACOM já o ensinamos os segredos da gestão e do planejamento estratégico, agora é chegada a hora de lhe ensinar como vender o seu melhor produto: você. Marketing Pessoal é uma ferramenta muito utilizada para alcançar o pois, é através de uma boa imagem que você vende o modo como as outras pessoas olham para você.

O primeiro passo para um bom marketing pessoal, é utilizar da análise SWOT para ter conhecimento das suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Não estávamos nos referindo somente a empresas quando dissemos que “todo empresário bem sucedido domina o SWOT”, essa técnica de análise permite que você tenha conhecimento de si como um todo, indo desde a “embalagem”, ao seu conteúdo e sua posição no mercado.

Ambiente interno – Forças e Fraquezas

 Marketing Pessoal - Forças e Fraquezas

Sendo assim, vamos relembrar como funciona o SWOT: primeiramente precisamos realizar uma análise do ambiente interno em que se localiza esse produto – ou seja, você, suas habilidades, competências e pontos fortes. É nesse primeiro momento em que analisamos as forças e fraquezas da nossa “empresa”, sendo as forças uma boa imagem e as qualidades em si e as fraquezas podem variar dentre seus defeitos, indo da dificuldade em fechar vendas até mesmo uma má dicção.

Feita essa primeira análise, podemos estudar maneiras de exaltar nossas forças e minimizar nossas fraquezas, é importante ter ciência de que não somos perfeitos e que podemos melhorar a cada dia. Vejamos a seguinte situação: como um cliente, você colocaria seu projeto nas mãos de uma empresa onde o negociador mostra sinais claros de nervosismo e problemas de dicção? Essa imagem não passa confiança então, você procuraria por outras empresas que passassem uma imagem mais segura de si. Quando aceitamos nossas fraquezas, podemos minimizá-las, buscando maneiras de revertê-las em pontos fortes: se o seu problema está na comunicação com clientes, por exemplo, busque por cursos de oratória e assim por diante.

Mesmo assim, algumas vezes temos uma dificuldade tão grande com alguma fraqueza que não conseguimos dominá-la ou superá-la o suficiente para termos confiança na execução. Nesse caso, uma boa saída é chamar alguém que tenha facilidade e talento naquele aspecto para fazer parte da equipe. Se isso não for possível ou mesmo não tiver como fugir sempre de situações como essa, a saída seria o que podemos chamar de “controle de danos”: treinar o suficiente para pelo menos conseguir lidar de maneira razoável com a situação.

Além disso, não devemos nos concentrar em apenas minimizar nossos pontos fracos, mas também, e talvez principalmente, temos que procurar maximizar nossos pontos fortes. Eles são a nossa maior força e diferencial, e são essas as principais qualidades exploradas na hora de vender um produto. Pessoas bem sucedidas são aquelas que sabem fazer seus talentos e pontos fortes trabalharem para si.

O livro “Descubra seus pontos fortes” de Marcus Buckingham e Donald O. Clifton usa Tiger Woods para ilustrar a situação. O golfista não podia evitar o fato de que precisava melhorar seu jogo em terreno acidentado ,então, trabalhou em cima da sua fraqueza apenas o suficiente para que ela não o derrubasse. Assim que conseguiu atingir um nível razoável, Woods e seu treinador voltaram os esforços para o que realmente interessava, um trabalho que era muito mais importante e criativo: o aperfeiçoamento do talento e ponto forte dominante do jogador, seu swing.

Ambiente externo – Oportunidades e Ameaças

 Marketing Pessoal - Oportunidades e Ameaças

Depois dessa autoanálise, podemos agora partir para um estudo do ambiente externo. Procure estar sempre atualizado sobre os assuntos do momento na sua área de atuação, buscando por cursos e especializações sempre que julgar necessário, estando sempre um passo a frente da sua concorrência. Da mesma forma com que procuramos estar por dentro das novidades do mercado em que nossa empresa atua, precisamos saber quais as novas ferramentas do momento, buscando ter conhecimento sobre elas para evoluirmos profissionalmente a cada dia. A análise anterior dos seus pontos fortes e fracos também o ajudará a ter uma visão mais focada do que é prioridade e o que pode ser trabalhado mais adiante.

Utilizando as redes sociais para a construção do marketing pessoal

 Marketing Pessoal - Linked In

Hoje em dia, as redes sociais vem se mostrado cada vez mais confiáveis na hora de criar novas relações comerciais e contatar possíveis clientes ou parceiros, sendo assim, existem algumas regras que devem ser seguidas para que sua boa imagem na rede lhe traga bons contatos.

A queridinha do momento, a rede social LinkedIn já conta com mais de 2 milhões usuários brasileiros abertos a negociações. Muitos acreditam que a rede é só para aqueles que desejam ser contratados mas mal sabem que na rede social é possível não só contatar futuros funcionários como atingir clientes em potencial e estabelecer relações comerciais com novos fornecedores.

Manter um perfil atualizado e postar conteúdo relevante e referente ao mercado em que sua empresa está inserida, são regras básicas para estabelecer um bom marketing pessoal no LinkedIn; segundo estudos da Pew Internet & American Life Project, um centro de pesquisas relacionadas ao relacionamento em mídias digitais, o ato de pesquisar é a segunda atividade mais popular da Internet, ficando atrás somente dos e-mails, sendo assim, é importante ter um perfil atualizado e otimizado para que possa captar deste tráfego de pesquisa.

Não somente para ser encontrado mas, manter-se atualizado é essencial para gerar credibilidade no LinkedIn. Estar sempre conectado, gerando conteúdo e recebendo feedback e elogios, são uma ótima maneira de chamar a atenção de fornecedores. É importante lembrar também que a credibilidade é uma via de mão dupla e estar aberto a negociações e retribuindo o feedback em transações bem sucedidas, aumentam sua visibilidade na rede.

Além de ser encontrado, outra dica é manter uma rede de contatos organizadas. Um bom gerenciamento de grupos permite ao empresário adquirir uma nova lista de contatos, as mailing lists, tornando possível atingir clientes e parceiros em potencial. Enviar newestlers com conteúdo referente às novidades do mercado empresarial são meios interessantes de iniciar uma conversa com a pessoa certa que irá alavancar o seu negócio. Procure sempre entrar em grupos que possam auxiliar tanto no desenvolvimento direto de sua empresa quando aqueles nos quais seu público alvo está inserido.

O LinkedIn não se limita somente a informar, mas também é o espaço ideal para se promover. Não só como notícias sobre as tendências do mercado, aproveite a rede para divulgar as conquistas de sua empresa, campanhas de marketing, eventos e o que mais achar relevante. Exaltar as qualidades e conquistas de sua empresa são ótimos atrativos para sua empresa e um diferencial da concorrência.

Por último mas não menos importante, mantenha seu contato visível em seu perfil. É importante que o usuário que está visitando o seu perfil possa encontrar com facilidade uma maneira de entrar em contato com você para que outros empresários e fornecedores, possam te classificar como um contato futuro.

3 dicas para um Marketing Pessoal de sucesso:

1)      Seja um líder

Marketing Pessoal - Seja um líder

Além de uma boa “embalagem”, é preciso também um planejamento do conteúdo que você tem a oferecer; como líder, você será visto como um exemplo a ser seguido, portanto, é essencial ter uma boa estratégia de marketing pessoal

 

A partir dessa análise do ambiente externo, é possível estar por dentro das oportunidades e ameaças do “mercado”. É importante que nesse momento de análise você se posicione como um líder e não como um chefe; para analisar as oportunidades do mercado, é preciso reconhecer os pontos fortes de sua equipe, exaltando o talento de cada um de seus membros e buscando pela melhor forma de evoluir e destacar-se no mercado. Nesse momento o marketing pessoal entra como o exemplo a ser seguido: como líder, a sua postura deverá transmitir confiança e você não deve mostrar-se superior aos liderados, deve-se portar de forma acessível para dúvidas e até mesmo sugestões.

2)      Seja comunicativo com sua equipe

Marketing Pessoal - Seja Comunicativo

Precisamos observar também a comunicação entre o líder e sua equipe: nem sempre você estará disponível para a apresentação de projetos, é importante que sua equipe saiba exatamente qual o seu posicionamento e possa repassar as ideias do projeto com confiança. Um bom líder trabalha para que sua equipe esteja sempre unida e em sintonia com o andamento de seus projetos, utilizando do marketing pessoal para transmitir suas ideias de maneira não abusiva e impositiva.

3)      Vista-se para o sucesso

Marketing Pessoal - Vista-se para o Sucesso

Mesmo em dias casuais na empresa, evite usar bermudas, camisetas, regatas e gravatas desalinhadas, é importante passar uma imagem de profissionalismo e segurança pois você é o espelho de sua equipe

 Sua aparência também interfere no modo como as pessoas o observam. Manter o cabelo sempre arrumado e buscar por roupas bem alinhadas e de boa aparência, são fundamentais para boas negociações e relações comerciais. A regra não se limita só para as roupas, manter as mãos e unhas sempre limpas e bem cuidadas transmitem assiduidade e segurança.

 Marketing Pessoal - Ambiente de Sucesso

A aparência também conta em seu ambiente de trabalho, organize sua área de trabalho para que ela reflita sua marca pessoal, buscando mantê-la sempre limpa e organizada, estando sempre pronta para receber clientes, tendo papel, caneta e os dados importantes sempre a mão. Isso não quer dizer que o ambiente de trabalho precise ter necessariamente um ar inflexível. É interessante até mesmo proporcionar espaços de lazer, áreas comuns, que as pessoas possam relaxar, trocar ideias e se divertir nos intervalos. Isso por sua vez também ajudará na sua imagem pessoal, de alguém aberto a novas ideias, aproximando você da sua equipe.

Seguindo essas dicas, é simples criar um bom planejamento de marketing pessoal. Não deixe para depois, comece hoje a mudança que trará bons resultados amanhã.

Voltar

Deixe uma resposta