icone Notícias

Como ser um bom empreendedor – 5 séries e filmes sobre empreendedorismo

7 de novembro de 2014

O publicitário Don Draper é um dos personagens mais marcantes da história da cultura pop recente (Foto reprodução)

O cinema surgiu no final do século XIX e durante 30 anos apresentou histórias sem diálogo, tendo como principal nome o ator, diretor, produtor e roteirista Charles Chaplin. Da inserção do diálogo aos tempos atuais muita coisa aconteceu. A mudança de paradigma mais recente foi na qualidade das séries produzidas para a televisão. A partir da década de 2000, com o seriado Família Soprano (The Sopranos), a TV ganha status de cinema e passa a ter histórias mais complexas com grandes investimentos.

A gama de histórias contadas pela televisão e pelo cinema é grande. De histórias policiais a comédias pastelão. Dentre todas essas histórias é possível encontrar aquelas que são perfeitas para se tirar lições de empreendedorismo e persistência. Confira:

A Rede Social – The Social Network (2010)

O drama e as intrigas por trás da criação do Facebook são o mote do filme. Dirigido por David Fincher, de Clube da Luta, o longa é baseado no livro de não-ficção The Accidental Billionaires. Para a produção do livro, o brasileiro Eduardo Saverin, co-fundador da rede social, foi consultado. A história gira em torno das disputas que Mark Zuckerberg travou ao longo do seu início de carreira até ele se tornar bilionário.

The Social Network narra a intrincada história por trás da criação do Facebook (Foto: reprodução)

The Social Network narra a intrincada história por trás da criação do Facebook (Foto: reprodução)

O espírito empreendedor de Mark Zuckerberg e sua personalidade calculista, que se mostra ao longo da trama, é um dos destaques do filme. A história começa em 2003, na Universidade de Harvard, onde surge o Facebook. Inicialmente, a rede é criada apenas para que haja troca de informação entre os estudantes de Harvard, mas acaba se expandindo para outras universidades até se tornar conhecida por todo o mundo.

À Procura da Felicidade – In the Pursuit of Happyness (2006)

O filme de Gabriele Muccino se trata primordialmente de ética e persistência. Cris Gardner (Will Smith) é um pai solteiro que precisa cuidar do seu filho de apenas cinco anos e lidar com dificuldades financeiras. Eles são despejados, enquanto Gardner tem que buscar maneiras de sustentar o filho. À Procura da Felicidade foi muito bem recebido pela crítica pelas atuações e pelo roteiro, que destaca a persistência do protagonista.

Cris é um exemplo de perseverança, característica essencial ao bom empreendedor. Ao longo da trama, o personagem de Will Smith supera as adversidades e encontra alternativas que o fazem superar dificuldades financeiras. Outro ponto de destaque da personalidade do personagem é a capacidade de interação e convencimento.

À Procura da Felicidade têm um forte componente emocional (Foto: Reprodução)

À Procura da Felicidade têm um forte componente emocional (Foto: Reprodução)

Mad Men (2007 – )

Mad Men é uma das séries mais aclamadas da televisão. Exibido pelo canal por assinatura AMC, o seriado aborda o cotidiano de uma agência de publicidade na década de 1960. O programa é também muito elogiado pela crítica e está sempre nas listas de melhores séries de TV dos últimos anos. Atuações, roteiro, figurino e direção são sempre reconhecidos em premiações como o Emmy, já faturado 15 vezes pela série.

O grande destaque da série é o personagem Don Draper (Jon Hamm), diretor de criação da Sterling Cooper (agência fictícia), e seu círculo social.  Don tem uma característica valiosa para um empreendedor. Ele é centrado e sabe exatamente quais são seus objetivos. Don é um objetivista, acredita que o ser humano tem o direito de buscar a própria felicidade.

2 Broke Girls (2011 – )

Em uma das cenas, as protagonistas passam por apuros para dar conta do próprio negócio (Foto Reprodução)

Em uma das cenas, as protagonistas passam por apuros para dar conta do próprio negócio (Foto Reprodução)

2 Broke Girls é uma sitcom do canal americano CBS que conta a história de duas colegas de quarto e seus esforços para iniciar uma cupcakeria. Max e Carolina tem origens sociais distintas, o que torna suas trajetórias como empreendedoras ainda mais interessantes. As duas começam a trabalhar no mesmo restaurante e estabelecem como objetivo juntar 250 mil dólares para começar o projeto de ter uma loja de cupcakes. Ao longo dos episódios, são expostas as dificuldades em cumprir tal meta, sempre com muito humor.

Shark Tank (2009 – )

Grupo de investidores assiste a uma apresentação de projeto empreendedor (Foto: Reprodução)

Grupo de investidores assiste a uma apresentação de projeto empreendedor (Foto: Reprodução)

Shark Tank é uma série do gênero reality show. O programa é composto por um grupo de empreendedores que tem que apresentar ideias de negócio a potenciais investidores. Em cada episódio há a apresentação de um desses grupos de seu projeto a um painel de cinco investidores – os “tubarões”, que decidem se aderem ou não ao projeto.

Com as análises de cada projeto feitas pelos investidores, fica claro que nenhuma empresa se sustenta apenas com o capital e que as parcerias podem ser de grande valor. Conhecer os casos do Shark Tank podem ajuda a entender como pensar seu próprio negócio.

No geral, programas de televisão e produções cinematográficas podem servir como instrumento de reflexão sobre nosso próprio cotidiano. Com os filmes e séries apresentados nessa lista é possível repensar ou ter um novo olhar sobre alguns aspectos do empreendedorismo. Ficção ou real, todos os casos de sucesso têm em comum a perseverança, a capacidade que o líder teve de tomar iniciativas e uma vasta rede de contatos.

Voltar

Deixe uma resposta