icone Notícias

5 Dicas para um bom gerenciamento financeiro da sua empresa

17 de março de 2017

5 Dicas para um bom gerenciamento financeiro 4

O dinheiro é um elemento que dita as regras em qualquer tipo de empresa, da menor à maior.

Não é por menos que ele tem papel substancial no crescimento de todos esses negócios, alterando definitivamente a maneira como ela é vista, se desenvolve, melhora, trabalha e o que oferece para os seus clientes.

Dessa forma, um bom gerenciamento financeiro se faz necessário para que a empresa não se prejudique em relação ao que pode conquistar agora e no futuro. Confira as dicas que a Acom Sistemas selecionou para te ajudar a melhorar o processo de finanças do seu negócio:

Faça um planejamento estratégico

5 Dicas para um bom gerenciamento financeiro 3

Com todas as necessidades financeiras que uma empresa exige, é muito fácil fazer confusão e perder o controle das despesas e custos no final de qualquer período de atividade.

Planejar é um dos pontos que mais colabora com essa inteligência para manejar corretamente o dinheiro e despender recursos que ações, produção e outros processos demandam.

Evitar gastos desnecessários é uma das maiores dificuldades entre as empresas, já que é muito difícil de definir, na hora, o que é mais essencial.

O planejamento estratégico financeiro vai de encontro a esse problema, trazendo um norte preciso do que será realizado com o dinheiro disponível. Dessa forma, todos os recursos são alocados à necessidade correta, essencial.

A ideia é criar um documento com essas ações dentro de cronogramas que constem datas de pagamentos, prazos, custos e despesas especificados, entre outras informações que o negócio julga como chave para a atividade.

Nessa hora, é muito comum começarem a nascer dúvidas e as atividades passadas são a melhor forma de responder perguntas como essas.

Analise cada estratégia e ação financeira realizada no período anterior e gerencie seus gastos e receita para que trabalhem em cima de insights obtidos na observação, como:

  • Histórico e controle de contas;
  • Fluxo de caixa;
  • Margens de contribuição;
  • Lucro;
  • Obrigações fiscais.

Além disso, vale a pena realizar um estudo de mercado e entender o cenário e as estratégias possíveis para sua empresa. Fique sempre atento!

Estabeleça metas e prazos

5 Dicas para um bom gerenciamento financeiro 2

Uma vez que você esteve planejando seus gastos e fez uma mensuração financeira do seu cenário com base em dados anteriores, é possível, também, estabelecer metas e prazos para cada estratégia ou ação escolhida no planejamento.

Esta é uma forma de trabalhar com base em regras e normas para atingir um objetivo dentro de um período de tempo. Quais são seus planos para o futuro? Contratar mais pessoal? Melhorar a infraestrutura? Aumentar o mix de produtos?

Seja qual for sua meta, a visualização do futuro pode não só condicionar a empresa a trabalhar no ritmo necessário para a conquista, mas pode motivar seus colaboradores a transformar suas ações em um motor que impulsiona os resultados.

Seja claro e objetivo ao estipular metas e prazos para suas estratégias e ações, de maneira que, atingindo-as, você entenda claramente os resultados e possa melhorar o processo continuamente nos seus próximos planejamentos, não só financeiros.

Considere a ajuda de um contador ou consultor

5 Dicas para um bom gerenciamento financeiro 5

Nem todos os dados financeiros dependem única e exclusivamente da própria empresa, como nos casos em que o fisco entra em ação, por exemplo.

Por isso, nem sempre a empresa precisa controlar seus esforços internamente para controlar, resolver e despender recursos para esses processos.

Nesse caso, sempre considere a ajuda de um contador e, para outro tipo de apoio, muitas outras empresas consultoras têm ajudado outras a manter a conta o dinheiro em dia.

Vários aspectos do campo financeiro merecem atenção redobrada que, por muitas vezes, podem deixar de ter o cuidado que exigem visto o número de ações e processos acontecendo na empresa ao mesmo tempo.

Quando a situação foge do controle, esse tipo de ajuda pode mudar completamente a organização da atividade financeira, o capital de giro, contas, entre outros níveis que precisem de apoio.

Muitas orientações passadas são trabalhadas diretamente sobre as características e particularidades de cada empresa e são traçadas com melhores planos de investimentos.

Tenha controle total sobre o dinheiro que entra e sai

5 Dicas para um bom gerenciamento financeiro 7

Houve gastos, custos ou despesas no período estipulado? A receita captada foi maior do que no período passado?

Não esqueça de documentar todos esses dados corretamente para não perder o controle de toda a entrada e saída de finanças da sua empresa.

Existem muitas empresas que não elaboram um fluxo de caixa e por isso não sabem ao certo a quantia que receberam e o quanto gastaram.

Por causa disso, não compreendem corretamente o lucro que estão gerando e, dessa forma, nunca terão informações suficientes para saber a correta aplicação de investimento nas diversas áreas da empresa.

A importância dessa tarefa mais simples do que realmente parece pode salvar sua empresa em muitas ocasiões.

O controle e o planejamento são sempre as melhores maneiras de decisão. Não é possível mover qualquer ação sem nenhum desses passos bem estruturados.

Registre suas decisões, ações e resultados

5 Dicas para um bom gerenciamento financeiro 6

Você entendeu a importância de documentar cada passo financeiro tomado pela empresa assim como cada outro processo em desenvolvimento e seu resultado?

Por isso, como forma de complementar todo o planejamento elaborado anteriormente, qualquer decisão tomada, bem como o seu resultado (diferente ou não do esperado) deve ser registrado como um ciclo de desenvolvimento para a empresa.

É, antes de qualquer coisa, um hábito a ser criado na empresa em cima de qualquer ação financeira na empresa, ou seja, qualquer tomada de decisão que influencie diretamente no seu caixa.

Tudo o que é controlado e transformado em informação, pode ser usado futuramente em novos planejamentos e criação de novas metas e prazos.

Não deixe de lado essa parte do processo para não perder nenhum tipo de dado a ser usado no futuro como base para o crescimento e amadurecimento financeiro da empresa.

Quer ter controle do seu setor financeiro e compreender todos os dados componentes dos outros setores da sua empresa? Conte com a Acom para levar sua empresa a um novo nível com nossas soluções em sistemas ERP.

Voltar

Deixe uma resposta